terça-feira, 29 de junho de 2010

Banco do Brasil promete migrar base de ATM para Linux até dezembro

Embora em ritmo lento, a migração dos sistemas operacionais dos ATMs do Banco do Brasil deve ser concluída até o final deste ano. No segundo semestre de 2009, a instituição anunciou que substituiria o OS2, da IBM, pelo Linux em seus mais de 45 mil equipamentos instalados no Brasil e em países na América Latina.

José Luis Prola Salinas, diretor de TI do Banco do Brasil, que esteve no CIAB 2010, explicou que o Linux demanda equipamentos mais robustos, o que significa que a migração só pode ser concluída quando o nível de obsolescência dos ATMs chegar a zero.

“A obsolescência deve chegar a zero até o fim de 2010, prazo previsto para a conclusão da migração dos 45.800 ATMs para Linux”, afirma o executivo. Salinas revelou que,atualmente, 13 mil ATMs rodam o sistema de código aberto – desses, 10 mil são máquinas novas e 3 mil tiveram o sistema operacional substituído de fato.

Sem revelar a cifra empregada especificamente na migração dos sistemas nos ATMs, Salinas informou que o banco planeja investir R$ 1,9 bilhão em TI este ano. Desses, cerca de R$ 600 milhões serão destinados a custeios, enquanto o R$ 1,3 bilhão restante será dedicado a melhorias de sistemas, inovação e novos produtos.




Sem comentários:

Enviar um comentário