quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

O que é Linux

Linux é ao mesmo tempo um kernel (ou núcleo) e o sistema operacional que roda sobre ele, dependendo do contexto em que você encontrar a referência. O kernel Linux foi criado em 1991 por Linus Torvalds, então um estudante finlandês, e hoje é mantido por uma comunidade mundial de desenvolvedores (que inclui programadores individuais e empresas como a IBM, a HP e a Hitachi), coordenada pelo mesmo Linus, agora um desenvolvedor reconhecido mundialmente e mais representativo integrante da Linux Foundation.


Linus Torvalds

O Linux adota a GPL, uma licença de software livre – o que significa, entre outras coisas, que todos os interessados podem usá-lo e redistribuí-lo, nos termos da licença. Aliado a diversos outros softwares livres, como o KDE, o GNOME, o Apache, o Firefox, os softwares do sistema GNU e o OpenOffice.org, o Linux pode formar um ambiente moderno, seguro e estável para desktops, servidores e sistemas embarcados.

Acima você vê 4 telas do sistema operacional Linux em ambiente PC desktop. Mas o sistema funciona em dezenas de outras plataformas, desde mainframes até relógios de pulso, passando por várias arquiteturas: Intel, StrongARM, PowerPC, Alpha etc., com grande penetração também em dispositivos embarcados, como handhelds, PVR, videogames e centrais de entretenimento – nos quais há expoentes como o sistema Android, mantido pelo Google.

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

CAPA Revista 9 RB 10 | BrOffice.org - Sustentabilidade de Projetos Open Source

O caminho continua a ser percorrido com naturalidade. Sim, porque é natural que o caminho seja tortuoso, inóspito, e muitas vezes, nos pareça intransponível. Aprendemos que sempre há uma saída. É o que demonstra o excelente artigo de Wallace Souza: uma saída para que possamos incluir o BrOffice.org nos planejamentos de cursos nas empresas estatais, públicas ou privadas. Na seção Como Nós o destaque vai para o Grupo de Usuários BrOffice.org São Paulo com saídas para organizar Encontros Estaduais e mobilizar um grande número de usuários e instituições. Na reportagem de capa, boas notícias para o mercado de TI no Brasil e no mundo em 2010. Boa leitura!


Baixe a edição completa:

Arquivo em *.pdf

Lançada edição n.10 da Revista Espírito Livre!

Posted by admin On janeiro - 31 - 2010
Revista Espírito Livre - Ed. #010 - Janeiro 2010

Revista Espírito Livre - Ed. #010 - Janeiro 2010

Revista Espírito Livre - Ed. n #010 - Janeiro 2010
Revista Espírito Livre - Ed. n #010 - Janeiro 2010

Já está se tornando rotina a correria das edições da Revista Espírito Livre, bem como esta seção, um desabafo. O ano de 2010 começou quente, em todos os aspectos! Novas ideias pipocam a todo momento, novas possibilidades, novos projetos e parcerias. Não apenas para a publicação, mas pessoalmente e profissionalmente a todos nós. Esperemos que este novo ano seja melhor 2009 e pior que 2011, e que todos os desejos que almejamos se tornem realidade conforme o ano cria um corpo e caminha.

Esta edição de janeiro da Revista Espírito Livre traz em sua capa o tema Diversão Livre, e tenta apresentar aos leitores, experiências, situações e cases onde temos licenças livres propiciando diversão, softwares livres possibilitando a muitos se divertirem, enfim, estas tentamos mostrar que estas duas palavras, em nosso universo, podem conviver pacificamente, criando uma harmoniosa relação. A entrevista internacional tras Adrian Henke, um desenvolvedor de software que mora na Suiça e que está a frente do AssaultCube, um pequeno notável game de tiro em primeira pessoa, que faz milagre em pouco mais de 40 MB, seja nos gráficos, jogabilidade e outros aspectos. Merece toda nossa atenção.

Para rechear esse assunto tão envolvente convidei outros colegas da comunidade e amigos para contribuirem com seus relatos e materiais, o que resultou em um rico acervo como poderão perceber. Franzvitor Fiorim fala sobre Jubler, um software para legendar filmes e outros vídeos, Salvador Lucas mostra um cenário macro das possibilidades de diversão através de games de código aberto, Juliana Kryszczun fala sobre como tantas vezes nos divertimos com conteúdos disponibilizados em Creative Commons e que às vezes nem nos damos conta. Arnaldo Barreto descreve rapidamente a utilização de tecnologias abertas no filme 2012, lançado recentemente, enquanto o nosso bardo se apresenta em dose dupla! João Marcello fala sobre um assunto importante e que poucos dão importância: aterramento. Ele descreve de forma irreverente os vários tipos de aterramento que encontramos por aí, descrevendo suas principais peculiaridades.

Luiz Eduardo Borges fala sobre o lançamento de seu livro: Python para Desenvolvedores – 2ª edição, enquanto Jomar Silva nos dá dicas de como errar menos na hora de comprar um smartphone. Cezar Taurion traça um panorama geral sobre o que foi discutido no ano de 2009 em seus artigos aqui na Revista Espírito Livre, enquanto Alexandre Oliva utiliza da mitologia grega para nos apresentar um conto bastante contemporâneo. Eliane Domingos e Igor Morgado também se juntaram a nossa equipe a partir dessa edição, o que vem a acrescentar ainda mais à publicação.

Tantos outros contribuíram de forma ímpar para que mais uma edição da Revista Espírito Livre pudesse estar aqui e agora, à sua frente, trazendo toda essa fonte de informação. Deixo meu contínuo agradecimento a todos que participaram da edição, seja de forma direta ou indireta.

A seção Agenda ainda continua pouco volumosa, principalmente por estarmos em uma período de poucos eventos em nosso país.

Aqueles que nos seguem pelo Twitter, Identi.ca e demais veículos, estejam atentos: não custa lembrar que as promoções e novidades são apresentadas primeiramente nestes veículos e no site oficial da revista.

Agradecimentos a todos que não foram citados acima e que formam esta família que compõe a Revista Espírito Livre. O meu sincero agradecimento e que venha 2010!

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Lançada edição n.9 da Revista Espírito Livre!

dezembro 17th, 2009 Posted in Notícias | No Comments »
Revista Espírito Livre - Ed. #009 - Dezembro 2009

Ah! Dezembro chegou, e com ele a reta final de mais um ano. 2009 vai ficando para trás já deixando um gostinho de quero mais em diversos aspectos. Foi um ano movimentado para várias empresas que atuam no mercado de código aberto. Muitas novidades surgiram, código foram abertos, detalhes revelados, documentações liberadas. O próprio lançamento da Revista Espírito Livre neste ano de 2009 foi, é e será motivo de alegria, para mim e para todos que nos acompanham mês após mês.

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

No primeiro dia da Campus Party em São Paulo foi lançado no estande do Banco do Brasil o software Koruja, que realiza o inventário de ativos interligados em uma rede TCP/IP. O Koruja é a 35a solução que ingressa no Portal do Software Público e a terceira disponibilizada pelo Banco do Brasil.

O gerente de TI, Sérgio Henrique Pasqua, disse no lançamento do Koruja "que a intenção do Banco Brasil é criar uma comunidade de desenvolvimento que auxilie na evolução do Koruja e que os técnicos de tecnologia da informção possam utilizar uma solução que melhore a gestão dos ambientes de datacenter".

Na visão do coordenador do Portal, Corinto Meffe, que representou o Secretário Rogério Santanna na solenidade, o Koruja vai reforçar o acervo de soluções voltadas para os técnicos e gestores de tecnologia da informação. "Temos o CACIC, COCAR, Curupira, SAGUI, Kyapanel, SIGATI e a solução do Banco do Brasil se torna mais um opção técnica para melhorar a gestão de TI", reforçou Corinto.

Para Marcos Antônio Carvalho, analista sênior do Banco do Brasil e coordenador técnico da comunidade, "a solução tem o desafio de superar as dificuldades de gerenciar as configurações dos recursos tecnológicos em ambientes dispersos, complexos e heterogêneos”.

Na opinião de Marcos "o Koruja vai se tornar mais uma alternativa para os gestores dos recursos que estão pendurados em uma rede TCP/IP". "Tal alternativa se configura pelo aumento da complexidade e diversidade tecnológica dos parques computacionais", completa o coordenador.

Conhecendo a solução Koruja

O Koruja é um software desenvolvido com tecnologias abertas e livres, na linguagem TCL/Expect, tem baixo consumo de memória, faz o tratamento de strings e funciona em ambiente multiplataforma.

O software em sua versão inicial atende quatro premisssas: (i) não utiliza o modelo de agentes locais para coletar as informações; (ii) coleta as informações a partir de um único ponto; (iii) gera um repositório único para as informações gerenciais e (iv) opera em serviços TCP/IP.

Os ganhos surgem do aproveitamento da cultura wiki, da economia dos recursos tecnológicos para realizar o inventário e do foco nos recursos de acordo com a necessidade específica de cada um, sendo eles: estações de trabalho, switchs e routers.

Se você está cadastrado no Portal SPB basta acessar a solução direto no link abaixo:
http://www.softwarepublico.gov.br/ver-comunidade?community_id=18068594


Outras Notícias:

Portal do Software Público no Fórum Social Mundial
http://www.softwarepublico.gov.br/news-item87

Governo Federal prepara Instrução Normativa para o Software Público
http://www.softwarepublico.gov.br/news-item85